ÚLTIMAS NOTICIAS >>

10/recent/ticker-posts

PRF resgata homem que saiu a pé de Sapezal/MT para ver a família em Vilhena


A reportagem do jornal Rota Policial News apurou em primeira mão o caso, registrado na noite de terça-feira, 04 de Janeiro, por volta das 20h30, quando a equipe PRF recebeu uma informação de que havia um homem deitado no acostamento da BR-174 há 23 quilômetros de Vilhena/RO.

A guarnição de Polícia Rodoviária Federal (PRF) então, se deslocou até às proximidades do quilômetro 570 da BR-174/MT, área pertencente à Comodoro, há 23 quilômetros de Vilhena.

No local, os policiais encontraram o homem deitado, cansado, colocando em risco a própria vida e a segurança do trânsito, pois a qualquer momento poderia um veículo, devido à baixa visibilidade, sem perceber passar por cima da vítima.

A equipe da PRF prontamente prestou atendimentos ao homem de 46 anos, que se encontrava praticamente sem forças para falar e com muita sede.

Indagado sobre o que estaria fazendo ali, o homem afirmou estar vindo de Sapezal-MT com destino a Vilhena-RO com a intenção de visitar seus familiares que vieram passar o ano novo, mas estava muito cansado e parou para dormir.

Afirmou também ter saído de Sapezal no dia 01 de Janeiro de 2.022, com intuito de pegar carona e chegar o quanto antes.

Como não conseguiu, seguia caminhando e pedindo carona para todo veículo que passava, porém, ninguém se dispôs a ajudá-lo.

O homem apresentou seus documentos e a equipe entregou-lhe uma garrafa com água e o trouxe ao posto para averiguações.

Os policiais descobriram ainda que ele estava há três dias sem comer e quando estava com muita sede tomava água de algum rio pelo caminho.

Indagado do porque não ligou para sua família, ele disse estar com o celular sem bateria, impossibilitando as ligações.

Perguntado também se tomava algum remédio, ele afirmou que toma um tarja preta e que não lembra o nome, e ainda relatou que não faz uso de bebidas alcoólicas e nenhum tipo de drogas.

Após as averiguações, a equipe se dispôs a levá-lo até a casa de seu irmão, que o recebeu preocupado e assustado, pois não sabia dessa sua jornada e imediatamente providenciou alimentação.

Muito gratos, os familiares do homem e a própria vítima agradeceram à Polícia Rodoviária federal (PRF), pelo ato humano, de compaixão e empatia com o próximo.

“Mesmo não sendo dever deles, e com muitas ocorrências, eles socorreram meu irmão. Eu não sabia que ele estava vindo, uma verdadeira ‘loucura’, mas graças à Deus os heróis da PRF o ajudaram, sou muito grato,” disse o irmão da vítima.

Fonte: Rota Policial News


Postar um comentário

1 Comentários

  1. Heróis irmãos! Parabéns pela atitude humana! Só quem já passa por isso sabe o quanto a saudade dói e o melhor remédio é rever seus queridos. Deus é bom e suas misericórdias duram eternamente.

    ResponderExcluir