ÚLTIMAS NOTICIAS >>

10/recent/ticker-posts

Homem morre após ser colocado em “câmara de gás” durante abordagem policial em Sergipe


A morte por asfixia foi confirmada pela Secretaria de Segurança Pública do estado

Um homem morreu na tarde desta quarta-feira (25), após ser abordado violentamente por policiais rodoviários federais no município de Umbaúba, no Sul de Sergipe.

Identificado como Genivaldo de Jesus Santos, de 38 anos, o homem tinha esquizofrenia. De acordo com um sobrinho do homem, ele foi abordado pelos policiais enquanto pilotava uma motocicleta. Segundo informações do portal g1, a morte de Genivaldo foi confirmada pela gerente do hospital do município, Cicília Bruneli. 

Em entrevista ao g1, o sobrinho, Wallyson de Jesus, contou que estava perto e viu toda a ação. “Eles pediram para que ele levantasse as mãos e encontraram no bolso dele cartelas de medicamentos”, contou. “Meu tio ficou nervoso e perguntou o que tinha feito. Eu pedi que ele se acalmasse e que me ouvisse”. A ação foi filmada, clique aqui para conferir o vídeo.

Ainda assim os policiais utilizaram spray de pimenta no homem e o colocaram dentro do porta malas da viatura. “Eles jogaram um tipo de gás dentro da mala, foram para delegacia, mas meu tio estava desacordado. Diante disso, os policiais levaram ele para o hospital, mas já era tarde”, lamentou Wallyson.

Genivaldo deixou sua esposa, com quem era casado há 17 anos e um filho de 7 anos de idade. Segundo a esposa, Fabiana, ele estava afastado do trabalho e tomava remédios controlados há cerca de 20 anos, para tratar a esquizofrenia. Ela afirmou que os policiais não revelaram o motivo de terem prendido Genivaldo. Um boletim de ocorrência foi registrado pela família na delegacia da cidade.

A Polícia Rodoviária Federal informou em nota, que o homem “resistiu ativamente a abordagem de uma equipe PRF” durante a abordagem. Eles argumentaram ainda que a vítima estava agressiva e que foram utilizados “instrumentos de menor potencial ofensivo para sua contenção”.

A equipe registrou a ocorrência na Polícia Judiciária, que está apurando o caso.

Laudo do IML

Segundo o relatório do IML, as causas da morte de Genivaldo foram asfixia mecânica e insuficiência respiratória aguda. O homem morreu dentro da viatura com gás. A causa da morte foi confirmada pela Secretaria de Segurança Pública do estado. 

Informações de g1

Por: Gabriela Pinheiro

Postar um comentário

0 Comentários