ÚLTIMAS NOTICIAS >>

10/recent/ticker-posts

PC divulga fotos dos suspeitos de praticar chacina que vitimou Nego Zen em Vilhena


Suesi Marcelino Rocha, o “Papagaio”, é um dos três indiciados por envolvimento nas mortes que estão foragidos

Um dia após entrevista coletiva na qual foram revelados detalhes da chacina que deixou 05 mortos na área rural de Vilhena, a Polícia Civil resolveu divulgar as fotos de dois dos três acusados de participar do massacre e que continuam foragidos.

Segundo a investigação do caso, os suspeitos Wemerson Marcos da Silva, conhecido como “Preto”, 40 anos, e Marcelo Costa Vergilato, cujo apelido é “Xiru”, 37, tiveram participação ativa nas mortes. O outro acusado é Suesi Marcelino Rocha, o “Papagaio”, 36, a foto dele será divulgada tão logo a polícia a obtenha.

A polícia já estava investigando as mortes do empresário Heládio Cândido Senn, conhecido como “Nego Zen”, Sônia Maria Biavatti, esposa dele e três empregados do casal (Dhonatas Rocha Borges Reis, Oederson Santana, conhecido como  “Neguinho Motoca”; e Amagildo Severo, o “Lagoa”), quando um assassinato mudou o curso do caso.

Executado a tiro pelo próprio sogro, Emanuel Flauzina França, o “Manelinho”, apontado como o líder do grupo que atacou a sede da Fazenda Vilhena e executou as vítimas, tinha em seu barraco no assentamento onde foi morto as provas de sua participação na chacina. Dois dos participantes da matança já estão presos.

Mais cedo a Polícia Civil havia divulgado as fotos de dois dos três homens indiciados Poe envolvimento nos assassinatos de cinco pessoas na Fazenda Vilhena, em outubro de 2021. Agora, a polícia divulgou a foto do terceiro foragido: Suesi Marcelino Rocha, o “Papagaio”, de 36 anos.

Quem tiver informações sobre o paradeiro dos três foragidos pode ligar para o número de emergência da PM (190), ou para a Polícia Civil (3322-3001) sem precisar se identificar.

Fonte: Folha do Sul

Autor: Da Redação (Fotos: PC/Divulgação)

Postar um comentário

0 Comentários